Project Description

Controle da Qualidade D’agua

ORÇAMENTO

Controle da Qualidade D’agua

ORÇAMENTO

O controle da qualidade da Água é um conjunto de ações exercidas para assegurar a potabilidade e/ou utilização de água conforme os padrões estabelecidos pela legislação de forma a garantir sua qualidade.

Serviços Oferecidos:

Remoção de detritos e desinfecção de reservatórios d’água. Pulverização de hipoclorito de sódio à razão de 200 mg de cloro ativo por m2 de parede, para completa desinfecção dos reservatórios d’água. Higienização alternada dos reservatórios superiores dos locais, sempre que tecnicamente possível, para não faltar água aos usuários durante os serviços.
– Esgotamento e remoção de detritos de poços de águas servidas e poços de recalque.
– Esgotamento de garagens e piscinas.

Totalmente dentro das instruções fixadas pela CETESB e normas como NR-33 espaços confinados, NR-18 trabalhos em altura alem de oferecer técnicos de segurança do trabalho.

• Os reservatórios da água devem estar sempre bem vedados, a fim de evitar a entrada de poeira, insetos ou qualquer outro tipo de organismo que propicie a contaminação da água, além de não apresentarem fissuras que permitam infiltração.
• Os reservatórios devem ser higienizados e desinfectados pelo menos de 6 em 6 meses, para que as partículas em suspensão que vão se depositando, não propiciem um meio de cultura adequado à proliferação de organismos como quiromídeos, rotíferos e nematódios. Essas micropartículas se acumulam lentamente, formando uma camada de lodo que, para ser mineralizada, consome o cloro que é adicionado diariamente no depósito, através da rede de distribuição.
• A higienização e desinfecção dos reservatórios d’água para consumo humano só podem ser feitas supervisionadas por empresas habilitadas pelo órgão público, que podem fornecer, ao seu cliente, certificado de garantia e de segurança do seu serviço.

Em poços artesianos, o controle rotineiro da qualidade da água é essencial já que pode haver diversos tipos de contaminação nos lençóis freáticos, como por exemplo vazamento de combustível de postos de gasolina, salinização, elementos ferrosos, matéria orgânica decomposta, etc.

O recomendado é a análise de potabilidade conforme a resolução da Secretaria da Saúde, que é fiscalizada pela Vigilância Sanitária e permite controle da qualidade da água mensal por Plano de Amostragem, conforme anexo IV.

Piscinas de uso coletivo necessitam que a operação e manutenção do tratamento da água sejam elaboradas por profissional da área química, devidamente registrado em seu conselho profissional. De posse da Anotação de Responsabilidade Técnica – ART, a piscina de uso coletivo estará em dia com o órgão fiscalizador da saúde pública.

É importante salientar que o profissional da área de química é uma pessoa habilitada e tem condições de estabelecer a dosagem correta dos produtos químicos, garantindo a qualidade da água adequada ao banho.

Não obedecer a estas determinações pode pôr a saúde dos freqüentadores em risco através da transmissão de doenças e intoxicação por produtos químicos.

Garanta a qualidade a qualidade de sua ÁGUA.

Em bebedouros de pressão, galão e purificadores de água em geral são encontradas inúmeras impurezas orgânicas, micro organismos e bactérias, que com a proliferação podem causar males a saúde. Por isso a higienização periódica é importante e recomendada por legislação especifica e pelos próprios fabricantes.

Garanta a qualidade água que sua empresa oferece a seus colaboradores e clientes.